Seguidores desse Blogger

terça-feira, 21 de abril de 2009

CHUVAS DE SAUDADES - poema

CHUVAS DE SAUDADES


Chove na tarde do meu quarto
Lava minha mente da saudade
Esfria meu corpo do resguardo
Livra-me dessa dor da maldade

Leva minha alma pra longe daqui
Consome desejo gótico de paixão
Faz o sorriso na minha face surgi
Enche de esperança meu coração

Atropela minha saudade do amor
Enrosca meu corpo no teu manto
E faz meu passado ser ejaculador
Na construção perfeita do santo

Transforma minha travessa solidão
Em avenida iluminada, passarela
Na alegria de encontrá-la no cordão
E pintar a vida na perfeita aquarela

Chove chuva de perfeita emoção
Chove na janela da minha saudade
Faz em minha vida a transformação
E na vida dela que eu seja realidade

Artur Cortez

Nenhum comentário: