Seguidores desse Blogger

sábado, 20 de julho de 2013

DESABAFO - poema



DESABAFO

Tão puro foi meu amor que acreditei em você
Teu amor me enganou e me conduziu ao sofrer
Quando transformei tudo em poesia chorei
E minhas lagrimas por teu amor eu sufoquei

Fiz o tudo de mim pra te transformar em rainha
Te coroei como dona suprema do meu coração
Mas, hoje sei que nunca fostes apenas minha.
Como um filme de suspense tu foras enganação

Artur Cortez

Nenhum comentário: