Seguidores desse Blogger

segunda-feira, 6 de julho de 2015

O PREÇO DE MINHA LAGRIMA - poema

O PREÇO DA MINHA LAGRIMA

Quanto vale uma lagrima?
Uma noite sem dormir
Ou uma inoportuna dor?
Uma saudade, um apego!
Um querer sem poder ir
Um simples ato de desamor
Ou apenas teu desprezo?
Uma lagrima vale tanto
Que descobri aos solavancos
O quanto ela faz sofrer
Por cada lagrima que caia
Meu pobre coração entendia
Ou talvez queira entender
O valor dessa danada
Que quase minha vida acaba
Ate enfim compreender
Que lagrima não tem preço
Ou é o preço do desapego
Da emoção que sentimos
Na alegria e no sofrer
Mas o preço dessa lagrima!
É eu partindo sem você.


Artur Cortez

Nenhum comentário: