Seguidores desse Blogger

domingo, 20 de julho de 2014

EM MÁ COMPANHIA - poema



EM MÁ COMPANHIA

Desperta para o viver oh flor!
Enche-me de esperança vã
Saudades desse falso amor
Pactua de loucuras meu divã

Iludi-me com tua falsidade
E a juventude da pele em fogo
Em teu favor a pouca idade
No meu favor só o desgosto

No meu viver um vendaval
E para te apenas uma brisa
Você acima do bem e do mal
Eu logo abaixo em subvida

E o despertar de uma aurora
Fechou as portas do coração
Foste tu em tão boa hora
Na companhia da solidão

Artur Cortez

Nenhum comentário: