Seguidores desse Blogger

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016

RECORDAÇÃO - poema

RECORDAÇÃO

Lembrei como era bom ali
E o tempo me levou de te
O sorriso era minha maquiagem
Feito criança fazendo traquinagem

E o tempo passou diante de mim
Passou e veio me trazer saudades
De como era florido meu jardim
De flores, aromas e verdades

O tempo nunca mais voltou
Mas plantou em mim uma vida
E buscando o que ele levou
Vou cicatrizando minhas feridas

O tempo já não me dá tempo
Do gozo de uma gargalhada
Mas a maquiagem continua sendo
O sorrido pra minha doce amada

Artur Cortez

Nenhum comentário: